Páginas

25 de fev de 2012

Querido John - Nicholas Sparks


Quando Savannah Lynn Curtis entra em sua vida, John Tyree sabe que esta pronto para começar de novo. Ele, um jovem rebelde, se alista no exército logo após terminar a escola, sem saber o que faria de sua vida. Então, durante sua licença, ele conhece Savannah, a garota de seus sonhos. A atração mútua cresce rapidamente e logo transforma-se em um tipo de amor que faz com que Savannah jure esperá-lo concluir seus deveres militares. Mas ninguém pôde prever que os atentados de 11 de Setembro pudessem mudar o mundo todo. E como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu amor por Savannah e seu país. Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, John descobre como o amor pode transformar as pessoas de uma forma que jamais poderia imaginar.

Existe coisa melhor do que ver o último dia de desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro??
Tem! Ler.
Partindo dessa premissa peguei esse livro, que eu queria ler há tempos, e comecei a ler.
Não me arrependo de ter feito isso.
O livro é lindo; o escritor, Nicholas Sparks, escreve muito bem; e é uma leitura fácil, tanto que eu nem vi o tempo passar, quase virei a noite lendo.
O jeito como os dois, Savannah e John, se conhecem é tão simples, não parece um encontro forçado demais, do jeito que eu costumo ver em alguns livros, é algo natural. Só aí já contou um ponto positivo ao meu ver.
O fato dele (o escritor) ter inserido acontecimentos verdadeiros (por exemplo o 11 de setembro) só tornou a história ainda mais real.
Eu gostei dos personagens, apesar de ter achado que a Savannah era inocente demais pro meu gosto (teve uma hora que a minha vontade era entrar no livro e bater nela).
Como era de se esperar, eu chorei igual "manteiga derretida".
Eu adorei o livro e com certeza irei procurar mais livros desse autor.

Boa Leitura.

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E ai? Gostou? Não Gostou? Comente, exponha as suas opiniões, vou adorar conhece-las. Mas seja educado(a), se houver xingamentos ou palavrões, enfim qualquer tipo de comentário com palavras de baixo escalão eu irei excluí-los.